Seu filho se sente amado por você?

Atualizado: Fev 25

Sobre o livro “As 5 Linguagens do Amor da Crianças” dos autores: Gary Chapman & Ross Campbell


Todas as pessoas demonstram seus sentimentos, pensamentos e o amor que sentem, de maneiras diferentes. O que trarei aqui para você é um pouco da compreensão de como essa conexão pode acontecer conhecendo a linguagem de amor com a qual o seu filho mais se conecta.

Convido você a refletir sobre as formas como demonstra seu amor pelo seu filho.

Para Gary Chapman, todos nós expressamos e experimentos o amor de 5 maneiras: toque físico, presente, palavras de afirmação, atos de serviço e tempo de qualidade. E, mais importante do que reconhece-las, é saber que cada pessoa funciona melhor com uma delas.


Em algum momento em que você disse “eu te amo”, esse ato não foi retribuído com um abraço apertado, um beijo ou qualquer tipo de toque físico?

Quantas vezes você pensou que seu filho era ingrato ou que não valorizava as coisas que fazia por ele?

Quando se trata de crianças, a atenção às linguagens de amor precisa ser redobrada: nem sempre a forma preferida pela criança é a mesma utilizada pelos pais. Ou seja, mesmo que o amor se faça presente nos corações dos pais, algumas crianças não conseguem ter sua necessidade de se sentir amadas suprida. Conhecer a melhor forma que a criança reconhece o amor, ajuda demais a mediar os momentos tristes, nervosos e as conversas mais sérias.

Mas fiquemos atentos!!! Segundo Gary Chapman, as crianças precisam de manifestações de amor em todas as cinco linguagens. Saber qual é a que o seu filho prefere, ajuda a fortalecer o laço entre vocês e ajuda a evitar comportamentos indesejados.


O que fazer para identificar a principal Linguagem de Amor de uma criança?



Você consegue dizer, nesse momento, como seu filho demonstra o amor que sente por você?


Costumamos oferecer amor da forma que gostamos de recebê-lo. E para identificar a linguagem primária de amor do seu filho, você deve usar cada uma delas e observar com a qual ele reage de forma mais emocional, além de observar claro, como ele costuma dar e pedir amor.


Abaixo, trago um resumo das 5 linguagens do amor da criança, de acordo com a obra de Gary Chapman e Ross Campbell. Procure identificar a do seu filho e avalie se vocês estão conseguindo se conectar da melhor forma:


Linguagem 1 – Toque Físico


Um beijo ou um abraço significam uma expressão de carinho para muitas crianças, e para aquelas que amam contato físico, esse gesto significa “EU TE AMOOOO!”.


FORMAS DE EXPRESSAR O AMOR: ofereça colo, uma massagem na parte do corpo que ele mais gosta. Pegue na mão ao passear, Beijos no rosto ou toques de mão especiais... o ideal é testar diversas formas de toque e encontrar o que ele mais gosta e tornar único o toque e o carinho entre vocês.

ATENÇÃO: para essas crianças que tem o toque como linguagem primária do amor, agressões físicas afetam de forma exponencial os sentimentos. Nunca usem da linguagem do amor de seu filho para puni-lo.

Linguagem 2 – Presentes



Uma criança que tem a linguagem primária do amor demonstrada por meio de presentes gosta de presentear e valoriza muito os gestos de presentes, não importando o valor em dinheiro que tenha custado. Vale para elas, o gesto e o amor que esse presente simboliza.


FORMAS DE EXPRESSAR O AMOR: Para demostrar o amor para crianças da linguagem presente, você pode deixar pequenos mimos carinhosos, como flor.. um brinquedo.. as figurinhas que ele gosta.. uma caixinha para guardar seus presentes. Essas crianças não costumam se desfazer de seus presentes. Com certeza seu filho vai querer guardar todas as lembranças nessa caixinha. Vale lembrar que bilhetes, cartões e flores, muitas vezes, têm mais significado do que presentes caros.

ATENÇÃO: “Nós temos que ser cuidadosos para não exagerarmos nos presentes”, alerta Gary. “E nós precisamos dar às crianças presentes que são apropriados para a idade delas e que serão úteis, evitando comprar algo só porque elas querem”, completa. Ele também destaca que os pais, principalmente os divorciados, tendem a dar muitos presentes, numa tentativa de substituir outras linguagens de amor. Vale ficar de olho nesse tipo de atitude.

Linguagem 3 – Palavras de afirmação


Para crianças com essa linguagem primária de amor, as palavras de afeto, elogios e encorajamento expressam: “eu me importo com você”. São crianças que gostam de falar. As expressões ditas ouvidas nutrem a criança de amor, segurança e amor próprio.